Política

Rangel vai criar Corregedoria Geral para aumentar fiscalização e transparência na Prefeitura

Marcelo Rangel 3O prefeito Marcelo Rangel (PPS) vai criar uma Corregedoria Geral dentro da estrutura administrativa da Prefeitura de Ponta Grossa a partir de 2017. A informação foi passada pelo prefeito durante entrevista neste sábado (03) para a Rádio CBN, concedida ao jornalista Ney Hermann.

“A Corregedoria Geral será um departamento anti-corrupção dentro da Prefeitura. Vamos nomear um corregedor geral, que tenha fé pública e independência, e a Corregedoria vai contar com um conselho geral, formado por entidades do Município, como o Observatório Social, por exemplo”, disse Rangel.

Fiscalização e transparência

De acordo com o prefeito, o objetivo é aumentar a fiscalização e dar maior transparência aos atos da Prefeitura. “Será um trabalho de prevenção e de fiscalização, de todos os atos do governo, incluindo contratos, processos e licitações. A Corregedoria Geral vai trabalhar em conjunto com a Controladoria, a Procuradoria e o Ministério Público”, explica Rangel.

Entre as funções da Corregedoria Geral estará analisar denúncias ocorridas na Câmara. “O corregedor geral vai trabalhar na averiguação de questões levantadas pela Câmara, pela imprensa e pelo Ministério Público”, ressalta Rangel.

Projeto

Ponta Grossa deve ser a primeira cidade do país a contar com uma iniciativa neste sentido. A criação da Corregedoria Geral deverá passar pela aprovação dos vereadores. O projeto será enviado ao Legislativo assim que estiver concluído.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts