Política

CCR RodoNorte e Governo do Paraná liberam novo trecho na Duplicação da Rodovia do Café

Trechos Duplicação 376Nesta quarta-feira (10), a CCR RodoNorte e o Governo do Estado vão liberar ao tráfego mais 10 quilômetros da Duplicação da BR 376, a Rodovia do Café, entre Ponta Grossa e Apucarana. A maior obra rodoviária do Estado em andamento entregará para a comunidade o segmento que parte do final do trecho 1 (quilômetro 465), em Ponta Grossa, até o quilômetro 456, região de Tibagi. A liberação, que contará com a presença do Governador Beto Richa e o presidente da CCR RodoNorte, José Alberto Moita, terá início às 11h30, no km 457 + 600 metros, próximo do Posto Parada Pão de Queijo.

Com a liberação do novo trecho de duplicação, a principal ligação rodoviária entre as regiões Norte e Sul do Paraná contará com 21 quilômetros duplicados e entregues – o primeiro trecho, de 11 quilômetros, foi liberado ao tráfego em julho de 2015. “Cada liberação de tráfego em uma obra como a Duplicação da Rodovia do Café representa um salto de infraestrutura para o Paraná, principalmente pelo fato da BR 376 ser um dos principais corredores de exportação para o agronegócio do país”, ressalta o presidente da CCR RodoNorte.

O novo trecho que será liberado nesta quarta possui, além de 10 quilômetros duplicados, duas novas pontes (sobre os rios Tibagi e Barrinha), um viaduto sobre a Rede Ferroviária e teve, ao longo dos trabalhos, correção vertical e horizontal de curvas. Além disso, também será liberada ao tráfego uma trincheira nas proximidades da cervejaria AmBev, que possibilitará aos moradores de comunidades lindeiras e aos caminhões da cervejaria um retorno em desnível e com mais segurança.

Segurança e geração de empregos

Juntamente a melhoria na infraestrutura nas rodovias do Paraná, a Duplicação da BR 376 também representa mais segurança e geração de empregos para o Estado. Nos primeiros nove meses de operação, o Trecho 1 da Duplicação apresentou redução de 55% no número de vitimas de acidentes, além da queda de 50% no número de mortes em relação ao mesmo período antes do segmento ser entregue pela CCR RodoNorte e pelo Governo do Estado; na área da geração de empregos, por sua vez, são quase 1000 novas vagas preenchidas em obras de duplicação e manutenção nas rodovias cuidadas pela concessionária.

Obras em Ortigueira, Apucarana e Califórnia

Outras três frentes de trabalho também estão em andamento na Duplicação da BR 376. A CCR RodoNorte, em parceria com o Governo do Estado, realiza obras no trecho entre Apucarana e Califórnia, onde seguem os trabalhos de colocação das primeiras camadas de pavimento e as obras para a construção das alças de acesso ao viaduto sobre o Contorno Sul. Em julho, a concessionária também iniciou os trabalhos no trecho do perímetro urbano de Ortigueira, onde as equipes já iniciaram os serviços de terraplanagem.

Mais obras em 2016

Ainda em 2016, novas frentes de obras de duplicação de rodovias serão abertas, sendo mais duas na Rodovia do Café, na região de Imbaú e na região de Tibagi. Uma outra frente também será aberta na rodovia PR 151, na região de Piraí do Sul. Com isso, nos próximos meses a CCR RodoNorte terá seis frentes de obras de duplicações trabalhando simultaneamente, gerando milhares de novos empregos e movimentando ainda mais as economias das regiões. Mas de todos os benefícios de uma obra de duplicação, existe um que não pode ser medido financeiramente, mas certamente o de maior valor entre eles, que é a preservação da vida, resultado da diminuição nos índices de acidentes e mortes nas rodovias.

Confira outros Posts