Política

Curso de Engenharia Civil das Faculdades Ponta Grossa é reconhecido pelo MEC

FPG Curso Engenharia MecProfessores e acadêmicos das Faculdades Ponta Grossa comemoraram na segunda-feira (01), a portaria publicada no Diário Oficial que reconhece o Curso de Engenharia Civil. Esta é a primeira instituição particular da região dos Campos Gerais a ter o curso na modalidade presencial reconhecido pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC). De acordo com a coordenadora do Curso, Márcia Abdala, “contamos com uma biblioteca completa, composta por obras atualizadas, laboratórios equipados do 1º ao 10º período e turmas reduzidas, o que garante melhor aproveitamento do aluno”.

A Faculdade tem laboratório de física, química, mecânica dos fluídos, instalações hidráulicas e elétricas, mecânica dos solos, materiais de construção e tecnologia do concreto, topografia, informática, projetos e maquetaria. Através de convênio, a instituição também oferece o laboratório de pavimentação de estradas.

Completo

“O curso está bem completo e os professores são qualificados e atuam na área de engenharia. Além disso, a instituição incentiva o estágio, através do escritório modelo que abre vagas para os acadêmicos do 8º e 9º período do curso. Eles desenvolvem trabalhos específicos nas suas áreas e recebem a orientação dos docentes que coordenam os projetos”, afirmou a professora Maria Cláudia Mikulis.

De acordo com a docente Sabrina Passoni Maravieski, “o curso de Engenharia Civil da faculdade se diferencia por ter aulas práticas em diversas disciplinas. Por exemplo, os alunos do 4º período aplicam os conteúdos da sala de aula na matéria de mecânica dos fluídos. Eles fazem um pré-projeto no primeiro bimestre, momento em que definem o que vão construir e com quais materiais vão trabalhar. E no segundo bimestre, eles apresentam o projeto finalizado”, disse.

Prática

Nos laboratórios os acadêmicos colocam em prática o que aprendem na teoria. A ideia é que eles construam equipamentos utilizando os conceitos da disciplina, como hidrodinâmica, estática, sistema de unidades, cálculos e outros conhecimentos.

“Eles já criaram sistemas hidráulicos, reservatórios para filtragem da água, simuladores de drenagem, sistemas de aquecimento solar, reproduziram o Experimento de Reynolds para analisar o escoamento da água, a fonte de Heron, entre outros. Todos os projetos são feitos com materiais recicláveis, através de reaproveitamentos”, explicou Maravieski. (Fonte: assessoria)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts