Política

PV adia decisão sobre Scheffer e caminha para fechar apoio a Rangel

Scheffer PV
Álvaro Scheffer conduziu a reunião do PV na Câmara | Foto: José Aldinan/Câmara

Os filiados do Partido Verde (PV) se reuniram na noite de quarta-feira (20), na Câmara Municipal, para discutir os caminhos a serem tomados em relação às eleições municipais. A expectativa era por conta do anúncio por parte do presidente do partido em Ponta Grossa, o empresário Álvaro Scheffer, em ser ou não candidato a prefeito. A decisão não foi anunciada, mas comentários de bastidor, de pessoas próximas ao empresário, dão conta de que ele não deve levar à frente o projeto por uma candidatura. Assim, o partido caminha para integrar a aliança em apoio à reeleição do prefeito Marcelo Rangel (PPS).

Elizabeth e MillaProporcional

Na eleição para vereador, a ideia do PV é ter uma chapa pura. No entanto, não está descartada uma composição. O possível aliado pode ser o PSB, da ex-secretária de Administração, Elizabeth Schmidt. Ela, inclusive, esteve na reunião do PV, juntamente com um dos vereadores da legenda, Márcio Schirlo. A possível futura composição contaria com três vereadores na disputa: Schirlo, Maurício Silva e Daniel Milla (PV).

Milla tem realizado um trabalho com o objetivo de lançar uma chapa pura, já que o partido conta com nomes considerados viáveis para eleger duas cadeiras na Câmara.

Barbiero insatisfeito

Quem não está satisfeito com a condução das conversas do PV é o seu ex-presidente, João Barbiero. Ele reclama de não ter espaço para participar das decisões do partido. Barbiero afirma que tem sido procurado por pré-candidatos a vereador, que foram filiados por ele no PV, que também estariam insatisfeitos com a condução dos trabalhos. O ex-presidente irá realizar uma reunião com esses pré-candidatos no próximo sábado, para definir as ações a serem adotadas.

Confira outros Posts