Política

Vereador critica intervenção de ‘caciques’ em decisões partidárias nos municípios

Cenoura PartidosO vereador Paulo Cenoura (PSC) fez um discurso na Tribuna da Câmara Municipal de Ponta Grossa, nesta semana, chamando a atenção para a valorização da política partidária realizada nos municípios. De acordo com Cenoura, “a maioria dos partidos tem 1 ou 2 caciques, que lá de Brasília ou Curitiba, decidem o rumo dos partidos aqui na cidade, e nem sempre eles entendem o que é feito por aqui e nem valorizam o trabalho partidário que nós realizamos nos municípios”.

Cenoura destacou ainda que a maioria dos partidos mantém comissões provisórias nos municípios para controlar de perto os coordenadores e mantem sob suas rédeas os partidos. “Tem partido que tem comissão provisória mesmo a nível estadual, o que é lamentável. De uma hora para outra o comandante do partido intervém no partido da forma que achar melhor para ele, sem dar satisfação nenhuma, prejudicando todo um trabalho feito pelos filiados naquele município”, disse.

Rever a legislação

Para o vereador, é necessário rever a legislação partidária para que as executivas nacionais ou estaduais tenham prazo para implantação dos diretórios, e as comissões provisórias funcionem somente um determinado período de tempo, findo o qual é obrigatória a formação da executiva municipal através a constituição do Diretório, o qual deve ter prerrogativas específicas para a circunscrição em que está formada, com liberdade de atuação municipal.

“A política feita aqui no município deve ser resolvida por aqui, obedecendo o estatuto e normas gerais do partido, mas com liberdade e independência, sem intervenção e sem dono, para que os partidos funcionem mesmo de maneira democrática, atendendo os anseios de seus filiados dentro do município que estão atuando”, destacou Cenoura.

Confira outros Posts