Política

Beto Richa vem a PG na quinta para inauguração do Aeroporto Santana

Aeroporto Santana Pronto 2O prefeito Marcelo Rangel (PPS) confirmou na tarde desta terça-feira que o governador Beto Richa (PSDB) retornará a Ponta Grossa na próxima quinta-feira (30) para participar da inauguração do Aeroporto Santana, em cerimônia que está marcada para as 11h30 da manhã. A inauguração é uma antiga reivindicação da comunidade ponta-grossense e vai marcar o início das vendas de passagens aéreas da empresa Azul, que dentro de 60 dias irá iniciar os vôos diários para o Aeroporto de Viracopos, em Campinas.

O espaço de tempo de 60 dias entre o começo da comercialização das passagens e o início dos vôos será necessário para que a Azul possa se instalar no Aeroporto Santana com toda sua estrutura de equipamentos e pessoal.

Compromisso

O funcionamento do aeroporto, com linhas comerciais, é tido como fundamental para o crescimento de Ponta Grossa e dos Campos Gerais. E também marca o cumprimento de um compromisso de campanha do prefeito Marcelo Rangel, que teve à frente do trabalho para concretização da obra o secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, Paulo Carbonar.

Investimentos

O investimento da Prefeitura nos últimos três anos no Aeroporto Santana foi de R$ 10 milhões, incluindo repasses federais, estadual e recursos próprios do município. Entre os itens da reformulação do aeroporto estão a reforma do Terminal de Passageiros e o balizamento noturno, realizados com recursos da Secretaria de Infraestrutura e Logística do Governo do Estado (R$ 1,3 milhão), além da compra do caminhão para o Corpo de Bombeiros e estruturação da Seção Contra Incêndios – com recursos da Secretaria de Aviação Civil (R$ 1,6 milhão).

A Prefeitura investiu nos equipamentos para a operação aeroportuária e atendimento a passageiros e normas de segurança, asfaltamento das áreas do entorno, marcações da pista nos padrões ANAC, estrutura e implantação da caixa d’água com 25 mil litros para combate a incêndios, além do cercamento de toda a área do aeroporto e demais adaptações.

Os valores investidos também englobam as horas de trabalho de máquinas e operários para as obras de aterramento, terraplenagem da reta da cabeceira, além da estruturação da seção contra incêndios, treinamento de pessoal e equipamentos de segurança, entre outros equipamentos e serviços. (Com assessoria)

Confira outros Posts