Política

Sociedade Rural discute sobre o 1° Encontro de Produção Animal em Ponta Grossa

Sociedade RuralNesta terça-feira (21), a diretoria executiva da Sociedade Rural dos Campos Gerais recebeu em sua reunião semanal, o professor Victor Pedrosa, da UEPG, da área de Melhoramento Genético Animal e o veterinário Gerente da Fazenda Escola da UEPG, Izaltino Cordeiro dos Santos. Na oportunidade, os professores apresentaram informações para a programação do 1° Encontro de Produção Animal, com data marcada para 28, 29 e 30 de setembro deste ano.

O objetivo, segundo Pedrosa, é integrar alunos com a questão prática e aproximar os produtores dos estudos técnicos desenvolvidos no curso de Zootecnia, que já possui 14 anos de existência.

Assistência técnica

Os trabalhos para este encontro serão realizados através da Consultoria Técnica em Zootecnia (Empresa Junior do Curso de Zootecnia), que possui 40 alunos da UEPG participando de assistência técnica. Participará também do evento, o conceituado palestrante da Nova Zelândia, Robin Hilson, além de uma programação com outros palestrantes e diversos assuntos relativos ao encontro.

O Gerente da Fazenda Escola, o veterinário Izaltino Cordeiro dos Santos, trouxe dados importantes obtidos na Nova Zelândia, a proporção é de 4.3 milhões de habitantes para 32 milhões de ovinos no país, onde a produção animal acontece em condições climáticas extremamente frias.

Rebanho neozelandês

O rebanho neozelandês é composto das seguintes raças: Texel, Romney, Finish Landrace, Sulfolk, Perendale, Dorper, entre outros e 70% das raças são de cruzamentos industriais (compostas), distribuídos em aproximadamente 16.000 fazendas locais. Os criadores locais focam na resistência animal, prolificidade, rusticidade e têm obtido sobrevivência na desmama dos cordeiros de 120 a 140%, número considerado bastante satisfatório.

Ainda sobre a Nova Zelândia, foram destacados a produção de 11 toneladas de trigo por hectare, bastante distante das 4 toneladas do Brasil, e a criação de gado de 16 a 20 meses que pesam em torno de 560 kg e 280 kg de carcaça, números que mostram um bom desenvolvimento genético, investimento em tecnologia e com modelos de produção exemplares, explica Izaltino Santos.

Iniciativa válida

Para o Presidente da Sociedade Rural, Edilson Gorte, a iniciativa é válida. “Abordar diferentes temas da produção animal e trazer experiências internacionais que obtiveram bons resultados, são de fundamental importância para aprimorar nossos conhecimentos na região, apoiamos integralmente a iniciativa”, destaca.

Além dos integrantes da Diretora da Rural, também participaram da reunião os representantes do Cescage Genética Animal com o Professor Raimundo Correia, o Desembargador José Sebastião Fagundes Cunha, proprietário da instituição, e o Secretário Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Ivonei Afonso Vieira. (Fonte: assessoria)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts