Política

Aliel destaca que processo contra Cunha partiu da Rede e Psol

Eduardo Cunha 2O deputado federal Aliel Machado (Rede) destacou nesta terça-feira (14), via redes sociais, a decisão do Conselho de Ética da Câmara, que aprovou por 11 votos contra 9 o relatório pela cassação do presidente afastado da Casa, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Aliel lembrou que o processo que pede a cassação partiu da Rede e do Psol.

“Depois de 8 meses da representação feita pela Rede e pelo Psol, com muitas pressões e manobras do próprio e de aliados, o Conselho aprovou o relatório pedindo a cassação. Já venho dizendo há meses: Eduardo Cunha não tem condições morais para presidir a Câmara”, escreveu.

“Espero agora que as tentativas de interferências do presidente afastado não tenham efeito e que o relatório siga para votação em plenário. É o que a sociedade espera. Cunha é investigado na Lava jato e acusado de mentir em depoimento à CPI da Petrobras, quando disse que não tinha conta não declarada no exterior”, ressaltou Aliel.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts