Política

Aliel confirma pré-candidatura a prefeito e vai atrás de apoio

Aliel Machado RedeO deputado federal Aliel Machado (Rede) confirmou nesta segunda-feira (06) que será candidato a prefeito de Ponta Grossa nas eleições deste ano. Depois de um longo período sem tornar pública sua intenção, estrategicamente, o parlamentar anuncia a pré-candidatura e disse que vai atrás do apoio de partidos para viabilizar uma frente de esquerda para disputar o pleito.

No meio político, não foi novidade pra ninguém a confirmação do que todos já imaginavam, só não sabiam o momento que iria acontecer. E ocorreu a dois meses do início da campanha, que estará liberada a partir de 6 de agosto, com as convenções ocorrendo entre 20 de julho e 05 de agosto. E quando Aliel diz que vai atrás de partidos, será para dar sequência às conversas com tempo para fechar uma coligação, pois nos bastidores o deputado da Rede já mantém contato com possíveis aliados há muito tempo.

Dilma ReeleitaApoio do PT

De certo, Aliel terá o apoio do PT. O líder do partido em Ponta Grossa, o deputado estadual Péricles de Mello, já declarou em mais de uma oportunidade que vai levar os petistas para a candidatura do seu ‘aprendiz’, já que Aliel é ‘cria política’ do ex-prefeito. E o apoio do PT tem dois lados. Um positivo e outro negativo. O positivo é o tempo de televisão, uma vez que a legenda tem a maior bancada na Câmara Federal e, consequentemente, o maior tempo de TV, e também o fato dos petistas terem a característica de ‘vestir a camisa’ nas campanhas que entram. O fato de Aliel ter votado contra o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT), também deve facilitar a aceitação da sua candidatura pelo Partido dos Trabalhadores.

Lado negativo

O negativo é óbvio. O abismo em que caiu o PT após os casos de desvio de dinheiro público da Petrobrás, que se agravou com o afastamento de Dilma, prestes a perder o mandato, salvo gere algum fato novo que consiga reverter a votação no Senado. A situação do PT não é boa em nível nacional, mas em Ponta Grossa pode ser ainda pior, por conta da cidade possuir um eleitorado conservador, que já demonstrou em várias oportunidades que pende para a direita. Assim, ter o apoio do PT pode representar tempo de televisão e menos votos nas urnas.

RequiãoPalavra do PMDB

Outro partido com o qual Aliel conta para a sua candidatura é o PMDB. Ele teria a palavra do ‘manda-chuva’ do partido no Paraná, o senador Roberto Requião, de que os peemedebistas vão embarcar em sua candidatura. Inclusive, existe uma possibilidade muito grande de que o vice de Aliel saia do quadro do PMDB. Trata-se de uma legenda com grande tempo de televisão, já que possui a segunda maior bancada na Câmara Federal. Porém, para ter o PMDB do seu lado, é provável que Aliel tenha que abrir a Rede para uma coligação na eleição para vereador.

Elizeu ChociaiPRB e Frentinha

Em processo de alinhamento político com Aliel estão o PRB e a Frente Partidária liderada pelo PTN, que tem mais o PTC e PTdoB. Com o PRB a conversa acontece em nível estadual e nacional, pois em Ponta Grossa os dois vereadores do partido estão na base do prefeito Marcelo Rangel (PPS). Mesmo assim, há quem aposte que o PRB vai de Aliel.

No caso da Frentinha, o processo de aproximação é direto com o seu coordenador, o presidente do PTN do Paraná, Elizeu Chociai. O tempo de televisão da Frentinha não é significativo, mas o número de candidatos a vereador é. Serão duas chapas com 35 postulantes ao Legislativo cada uma. A estreita ligação de Chociai com o vereador Pietro Arnaud (Rede), aliado de primeira hora de Aliel, pode facilitar o fechamento do acordo político.

Decisão

A expectativa agora fica por conta da decisão do deputado estadual Márcio Pauliki (PDT), se será ou não candidato a prefeito. De acordo com interlocutores, o pedetista deve tomar tal decisão até o próximo dia 15. No momento, as apostas são de que não irá emplacar a sua segunda candidatura ao Executivo de Ponta Grossa. Em relação ao prefeito Marcelo Rangel, o anúncio da pré-candidatura à reeleição vai ocorrer mais próximo do início das convenções. Nos bastidores, as conversas para refazer a coligação vitoriosa em 2012 já estão avançadas.

Rangel, Aliel e Pauliki figuram no G3 das pesquisas de opinião entre os postulantes à Prefeitura.

Confira outros Posts