Política

Iplan e alunos da PUC-PR debatem soluções urbanísticas para PG

Iplan e PucIntegrantes do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Ponta Grossa (Iplan) receberam, nesta quarta-feira (13), a visita de um grupo de aproximadamente 100 acadêmicos e cinco professoras do curso de Arquitetura e Urbanismo da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR). Os estudantes vieram à cidade em uma atividade da disciplina de Planejamento Urbano e Regional, com o objetivo de visitar seis locais, identificando problemas e apontando soluções.

A visita técnica dos universitários integra o tema de seu semestre de estudos, que é o “Plano Diretor”. O Iplan está desenvolvendo o Plano Diretor de Ponta Grossa 2016 e, segundo a arquiteta Jamile Salim, a presença dos alunos acaba colaborando com a elaboração do documento. Os alunos vão propor a aplicação de um dos instrumentos do Estatuto das Cidades, que é a Operação Urbana Consorciada, que consiste em ações pontuais coordenadas pelo poder público, mas envolvendo a iniciativa privada, moradores e usuários do espaço.

Sugestões

“O Estatuto das Cidades é que determina a atualização periódica do Plano Diretor nos municípios, e define instrumentos para ordenar o uso do solo. Um deles é o Estudo de Impacto de Vizinhança, lei que foi sancionada recentemente em Ponta Grossa. Mas existem várias outras. A visita dos acadêmicos, certamente, vai colaborar com a elaboração do Plano Diretor 2016, já que eles se propõem a discutir as questões levantadas em sua visita à cidade, para depois propor soluções urbanísticas”, explica Jamile.

A professora Gilda Amaral Cassilha, arquiteta e urbanista, explica que a ação acontece há vários anos, sempre escolhendo diferentes municípios. “Ponta Grossa, pelo porte e pelo seu eixo rodoviário e industrialização, se mostrou com uma melhor dinâmica para os trabalhos”, diz.

Os representantes do Iplan receberam o grupo para oferecer mais informações a respeito da cidade, e esclarecer dúvidas. Os acadêmicos também conversaram com moradores nos bairros e fizeram medições técnicas. As conclusões da pesquisa devem ser apresentadas até a última semana de junho. (Fonte: AMTT)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts