Política

Liminar: Eleição da nova diretoria da ACIPG vai parar na Justiça

Douglas e SalamachaA eleição para a nova diretoria da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG) está suspensa pela Justiça, através de uma liminar proferida pela 3ª Vara Cível. O Judiciário acatou pedido da chapa ‘ACIPG Mais’, nesta terça-feira (12). Na segunda-feira (11), a chapa ‘Associativismo Fortalecido’, encabeçada pelo empresário rural Douglas Fonseca, venceu nas urnas por 282 votos contra 118 da concorrente. Porém, o candidato à presidência da ACIPG Mais, o advogado Eduardo Salamacha, ingressou no Judiciário com a alegação de que alguns requisitos previstos pelo estatuto da entidade não foram cumpridos. Assim, até que tudo seja esclarecido pela Justiça, a eleição está suspensa e a chapa eleita não poderá tomar posse.

Entre as denúncias que constam na ação estão a falta de documentos necessários para a inscrição de alguns membros para concorrer à eleição e a indisponibilidade de membros da chapa a participar do processo eleitoral. Caso o entrave não seja superado até o próximo dia 17 de abril, quando encerra o mandato da atual diretoria, que tem como presidente o empresário Nilton Fior, quem assume a presidência da entidade interinamente será o presidente do Conselho de Representantes, Sérgio Leopoldo, que já presidiu a ACIPG antes de Fior.

Procurados, tanto Eduardo Salamacha quanto Douglas Fonseca não quiseram se manifestar sobre o assunto. Ambos preferem aguardar a decisão da Justiça.

Confira outros Posts