Política

Sandro vai comandar oitivas de delatores da Lava Jato dentro do Conselho de Ética no caso Cunha

Sandro com Moro
Deputado Sandro Alex com os deputados José Carlos Araújo e Marcos Rogério, do Conselho de Ética da Câmara Federal, estiveram na sede da Polícia Federal, em Curitiba, para uma reunião com o juiz da Lava Jato, Sérgio Moro | Foto: Divulgação

Vice-presidente do Conselho de Ética da Câmara Federal, o deputado Sandro Alex (PSD) esteve na terça-feira (05) em reunião com o juiz Sérgio Moro, na sede da Polícia Federal, em Curitiba, juntamente com o presidente do Conselho e o relator dentro do colegiado no caso do processo contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB/RJ), os deputados José Carlos Araújo (PR/BA) e Marcos Rogério (DEM/RO), respectivamente.

De acordo com Sandro, a pauta foi o processo de quebra de decoro parlamentar envolvendo o presidente Cunha no Conselho de Ética, tratando das providências para a instrução probatória que será feita na sede da Justiça Federal com alguns delatores do processo dentro da operação Lava Jato.

Começa dia 18

Sandro foi incumbido de presidir as audiências com os delatores a partir do próximo dia 18. “Ainda estaremos no Supremo Tribunal Federal para pedir a liberação de Alberto Youssef [doleiro] e Fernando Baiano [lobista], além de Júlio Camargo [lobista] e João Augusto [lobista], já liberados pelo Moro”, argumentou o parlamentar.

“Além do impeachment, que votarei sim pelo impedimento, é importante concluir este processo com celeridade. O Brasil tem pressa”, declarou Sandro, enfatizando que “a República de Curitiba, que muitos temem, eu posso entrar convidado pela porta da frente para discutir trabalho”.

Confira outros Posts