Política

PSD e PSC estarão juntos em 2016 e 2018, diz Ratinho Jr. ao deixar o PSC e se filiar no PSD

Ratinho PSD
Ratinho Junior oficializou sua filiação no PSD na quinta-feira | Foto: G1

O deputado estadual Ratinho Junior disse na quinta-feira (10), que PSD e o PSC estarão juntos no mesmo projeto político nas eleições de 2016 e de 2018.  “É natural que um partido do porte do PSD venha buscar a disputar por eleições importantes, tanto para governo, para Senado e para as prefeituras”, disse Ratinho ao anunciar sua filiação ao PSD e afirmar ter a garantia que o PSC estará junto em 2016 e 2018.

Ratinho acredita que oito deputados estaduais do PSC seguem na nova legenda. “Com esta garantia do PSC e com o PSD e juntos com os deputados estaduais e federais, acredito que fica um bloco forte e importante para se discutir os projetos para o Paraná”, disse Ratinho, que adianta que mais deputados estaduais e federais devem aderir às duas siglas até o final da janela partidária no dia 19.

Nove anos

“Fiquei nove anos no PSC, saio feliz do PSC pois tive a garantia do presidente nacional do PSC, que o PSC vai estar neste projeto com a gente e construindo um projeto para o Paraná. E agora entro junto com o PSD neste projeto de poder ser uma alternativa nas eleições de 2018”, completa o atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano.

Ratinho também disse que se depender dele continua na pasta do Desenvolvimento Urbano. “Não muda nada e estou confortável. O trabalho continua com novos projetos para este ano. Projetos na área de sustentabilidade, desenvolvimento urbano, um trabalho muito grande com a Secretaria de Meio Ambiente para livrar o Paraná de lixões e fazer aterros modernos”, disse.

Prefeitura descartada

Na disputa à Prefeitura de Curitiba, no entanto, Ratinho descarta a sua participação como candidato e disse que o PSD tem nomes de potencial eleitoral na disputa. “Eu acredito que está questão da Prefeitura vai ficar por uma decisão do partido. Temos nomes como Ney Leprevost, um candidato que tem perfil de Curitiba e é muito respeitado. Temos o empresário Joel Maluceli que é muito respeitado e importante no Paraná. E tantos outros nomes que tem no PSD e também no PSC. Vamos trabalhar para caminhar juntos em Curitiba”, ressaltou. O projeto de Ratinho é viabilizar uma candidatura ao Governo do Estado em 2018.

Ponta Grossa

Em Ponta Grossa, o comando do PSD, que terá as saídas do vereador e secretário de Assistência Social, Júlio Küller, e do vice-prefeito, Dr. Zeca, deverá ficar com o grupo de Valdenor Paulo do Nascimento, o Cenoura, que é o presidente municipal do PSC. É possível que o vereador Professor Careca deixe o Solidariedade e vá para o PSD. Ainda existe uma possibilidade de o deputado federal Sandro Alex sair do PPS e ingressar no PSD. O entrave seria a posição do PSD no Congresso, pois Sandro atua vem na oposição ao Governo Federal e o PSD é base do Governo Dilma.

Confira outros Posts