Política

Voto de Sandro Alex é decisivo na abertura de processo contra Cunha no Conselho de Ética

Sandro Voto CunhaO deputado federal Sandro Alex (PPS), vice-presidente do Conselho de Ética, disse que a decisão do colegiado que aprovou, na madrugada desta quarta-feira (02), a abertura de processo de investigação contra o presidente da Câmara, deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), é uma resposta à sociedade, que exige a punição de políticos envolvidos em corrupção.

“O Conselho está de parabéns, finalmente, depois de várias manobras protelatórias, chicanas jurídicas, de uso arbitrário do regimento da Casa a favor do representado [Eduardo Cunha], conseguimos aprovar a continuidade do processo. Isso é uma resposta à sociedade que não aceita que atos de corrupção fiquem impunes”, disse Sandro.

11 a 10

A aprovação do parecer, apresentado pelo deputado federal Marco Rogério, foi aprovado por 11 a 10, com o voto de minerva do presidente do Conselho, deputado José Carlos Araújo (PSD-BA), que desempatou o placar. Agora, o acusado tem dez dias para apresentar sua defesa no colegiado.

Cunha é acusado de ter mentido à CPI da Petrobras ao negar ter contas no exterior e de supostamente ter ocultado contas bancárias na Suíça. O STF poderá decidir nesta semana se aceita denúncia do Ministério Público Federal contra Cunha.

Postura do PPS

Sandro Alex destacou a postura “firme e transparente” do PPS pela abertura das investigações contra Cunha no transcorrer da tramitação do processo movido pelo PSol e pela Rede no Conselho de Ética. “Desde o início, fomos pela abertura das investigações. O nosso voto foi decisivo para garantir a continuidade das apurações. Vamos permanecer firmes na busca da verdade”, disse Sandro.

Em seu perfil no Facebook, Sandro destacou o resultado da votação: “Ponta Grossa e o Paraná decidiram nesta madrugada pela investigação de Eduardo Cunha no Conselho de Ética da Câmara Federal. Placar apertado: 11 a 10. Meu voto SIM [sic] pela continuidade do processo em respeito a quase 120 mil pessoas que confiaram no meu trabalho. Vamos em frente!” (Com assessoria)

Confira outros Posts