Política

Azul pede incentivos fiscais ao Estado para ampliar atuação no PR e reafirma voos diários em PG

Azul Linhas Aéreas
Reunião entre o secretário da Fazenda, deputados e representantes da Azul Linhas Aéreas ocorreu nesta quinta-feira, em Curitiba. Também participaram o prefeito Marcelo Rangel e o secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, Paulo Carbonar | Foto: Divulgação

O secretário estadual da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, confirmou a possibilidade de estudar formas de conceder incentivos para que ao menos seis cidades do Paraná possam receber voos diários com destino a Curitiba e Campinas, em São Paulo. “Tudo depende da forma como será feito para que não onere o tesouro”, argumentou o secretário durante reunião promovida por deputados estaduais, juntamente com prefeitos e o representante da Azul Linhas Aéreas, empresa interessada em explorar o mercado.

O presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano (PSDB), se comprometeu a fazer a ponte entre municípios, empresa e governo. “Ainda não podemos dizer com exatidão de que forma serão concedidos os incentivos, mas existe essa possibilidade e vamos fazer o melhor possível”.

Potências

Traiano destacou que as cidades que deverão ser contempladas com as linhas se tornaram grandes potências econômicas no estado. “Certamente será mais um grande avanço para Francisco Beltrão, Ponta Grossa, Guarapuava, Pato Branco e Umuarama. A implantação desse novo serviço só trará benefícios para os municípios e suas regiões”.

Outro incentivador do diálogo é o primeiro secretário da Assembleia, deputado Plauto Miró Guimarães (DEM). Ele também se propôs a intermediar um possível acordo para que as cidades recebam o serviço. “Temos muitas empresas que se instalaram no interior do estado e que acabaram fortalecendo a economia. Novos empreendimentos surgiram a partir da instalação de indústrias e muitos empresários necessitam viajar para outros centros para consolidar negócios”.

No entendimento do deputado quanto maiores as facilidades, maior será a produção, consequentemente haverá aumento no faturamento, na oferta de empregos e das contribuições fiscais. “É uma engrenagem que faz todos ganharem”, completou. Traiano e Plauto também contam com o apoio dos deputados Guto Silva (PSC) e André Bueno (PDT).

Azul Linhas Aéreas AviãoNovidades no ar

Ponta Grossa será a primeira cidade a receber os aviões ATR 72- 600 da Azul. A cidade possui um dos maiores parques industriais do Paraná e há tempos vem tentando implantar um serviço aéreo com destino a São Paulo.

O aeroporto Sant’Ana foi recentemente revitalizado. Foram cerca de R$ 10 milhões em investimentos, dinheiro que veio dos cofres dos governos federal, estadual e do próprio município. “Está praticamente tudo pronto para receber a empresa. E os ajustes para a liberação do aeroporto estão na fase final”, afirmou o prefeito Marcelo Rangel. O prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestre Filho também disse que a cidade tem necessidade do serviço.

O assessor da presidência para assuntos institucionais da Azul, Ronaldo da Silva Veras, afirmou que mesmo não havendo um posicionamento imediato do governo, a empresa vai começar operar em Ponta Grossa. “Estamos aguardando apenas algumas adaptações no aeroporto para poder operar. E estamos ansiosos para atender outras regiões do Paraná”.

Além de Curitiba, a Azul já mantém voos diários partindo de Cascavel, Foz do Iguaçu, Maringá e Londrina.PSD

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts