Política

Rangel anuncia asfalto com parcelas de R$ 99 ao mês pela CPS

Rangel asfaltoA Prefeitura de Ponta Grossa, através da Companhia Ponta-grossense de Serviços (CPS), acaba de lançar o “Programa Asfalto Cidadão”, que irá oferecer pavimentação sob condições únicas e especiais de pagamento aos munícipes. O Programa consiste na ampliação do prazo para pagamento, com redução na taxa de juros, na contratação de serviços de pavimentação realizados pela Companhia.

Por meio desse sistema, a população moradora em qualquer região da cidade pode contratar as obras da CPS, pagando o asfalto em até 60 parcelas. Anteriormente, o limite era de 36 meses para pagamento. Os juros, que até agora eram de 1,5% ao mês, passam a ser de 1% para os novos contratos, o que permite que a população pague parcelas mensais de R$ 99.

Necessidades

O prefeito Marcelo Rangel lembra que a medida procura atender às necessidades de moradores que sofrem há vários anos com o problema da falta de asfalto diante da porta de suas casas.

“Criamos esse Programa para atender à dona de casa, que não aguenta mais sofrer com a poeira em dias de tempo seco, e que causam problemas respiratórios em seus filhos pequenos. Além disso, existem ruas que ficam intransitáveis em dias de chuva, quando moradores nem sequer conseguem chegar às suas casas. O Programa Asfalto Cidadão foi criado pensando, principalmente, nessas pessoas”, diz Rangel.

O prefeito também destaca o Programa como uma resposta aos temporais e chuvas mais intensas verificadas nos últimos meses. “Estamos fazendo o possível para recuperar as ruas já pavimentadas, nas quais surgiram buracos em decorrência do grande volume de chuvas. Mas não podemos, de forma alguma, esquecer dos ponta-grossenses que ainda moram em ruas de terra. Essa promoção foi feita para essa parcela da população”, acrescenta.

Redução nas parcelas

Os contratos já firmados tinham parcelas que variavam entre R$ 180 e R$ 250. Portanto, o asfalto a R$ 99 é uma redução significativa nas prestações, e deve beneficiar diversas regiões da cidade que ainda não contam com asfalto nas ruas. Outra vantagem é que, embora o pagamento possa ser feito em 60 meses, a obra tem previsão para ser entregue em até 24 meses. Isso significa que o asfalto é entregue antes mesmo da quitação do valor de contrato.

Primeira fase de Programa

O presidente da CPS, Odailton Souza, explica que é importante que a população interessada em aproveitar as condições especiais do Programa se apresse em formalizar o contrato. “Na primeira fase do Programa, a Prefeitura irá investir cerca de R$ 6 milhões, que deve ser suficiente para a pavimentação de 100 quadras. Por isso, é importante que a população interessada procure a CPS o quanto antes, para fazer a contratação do serviço”, explica Souza.

A CPS é uma empresa de economia mista que realiza a pavimentação de ruas, por meio da contratação por pessoas físicas ou jurídicas, que aderem ao programa, com adesão superior a 50%. As equipes atuam diariamente e, neste mês, estão realizando obras em ruas do Bairro da Ronda. Os interessados em contratar os serviços de pavimentação devem se dirigir à sede da CPS, localizada na Avenida Visconde de Taunay, 794, na Ronda.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts