Política

AMTT disponibiliza dados do transporte coletivo na internet

Portal Transparência AMTT
Lançamento do Portal da Transparência do Transporte Público ocorreu na manhã desta terça-feira | Foto: Divulgação

Você sabe como é feito o cálculo que define os valores das tarifas do transporte coletivo em Ponta Grossa? E como é feito o contrato do serviço para o Município? Essas e demais questões, que são constantemente perguntadas pela população, podem ser esclarecidas, a partir do Portal da Transparência do Transporte Urbano da Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT), lançado nesta terça-feira. A página pode ser acessada no endereço www.pontagrossa.pr.gov.br/amtt/transparencia.

Lá são encontradas informações referentes às planilhas de custos do transporte urbano, os contratos de concessão para operação do serviço público de transporte coletivo urbano, o número de passageiros, os quilômetros rodados por cada veículo da frota e o IPK (Índice de Passageiros por Quilômetros), a metodologia de cálculo tarifário, a legislação e os quilômetros executados por veículos.

Ferramenta

“Mostramos os insumos que impactam na composição da tarifa do transporte coletivo”, diz o presidente da AMTT, Eduardo Kalinoski. Segundo ele, as informações estão no Portal de forma clara, para que todos possam entender como é feito este cálculo. “Trabalhamos nesta ferramenta para que não hajam dúvidas sobre este processo. Queremos que, ao abrir o site, a pessoa veja a planilha e a compreenda”, ressalta.

A ferramenta traz informações sobre o atual contrato de serviço de transporte coletivo entre Município e concessionária, com seus aditivos e metodologias de cálculo tarifário. Estão expostas a planilha explicativa da tarifa, as notas fiscais dos insumos que a compõem, comprovantes de quilometragem rodada pelos veículos, demonstrativos do número de passageiros por categoria e demais documentos relevantes. O Portal mostra ainda o que a tarifa remunera, apresentando os gastos com insumos, pessoal, combustível, manutenção, veículos.

Número de passageiros

Além disso, está disponível o número de passageiros que utilizam o sistema, mostrando quantos pagam a tarifa em dinheiro, quantos utilizam o cartão transporte, quantos pagam meia tarifa. Sobre o benefício do Passe Livre, a página informa os nomes de todos os beneficiários, os números de seus cartões, os saldos utilizados e os que ainda restam.

“Demos um passo importante com o Portal da Transparência do Transporte. Além de proporcionar segurança para os atos administrativos, a transparência assegura à população o embasamento necessário para juntos discutirmos e debatermos os valores das tarifas e também demais questões importantes, como melhorias no sistema”, disse o prefeito Marcelo Rangel, durante a apresentação do Portal.

“Trabalho com transporte público há mais de 20 anos e atuo também no Conselho Municipal de Transporte e nunca vi tantas informações de serviços de uma cidade tão disponíveis. Esse realmente é um portal da transparência”, disse o diretor da VCG, Gilson Forlin, presente na apresentação do Portal da Transparência.

Serviço

Helmiro Bobeck, presidente do Conselho Municipal de Transporte, também parabenizou a AMTT e a Prefeitura de Ponta Grossa pelo serviço disponível. “Já consultei os dados pelo Portal e realmente toda a documentação está pertinente. A gente sente esta evolução e esta disponibilidade da AMTT de mostrar esta transparência. Estamos satisfeitos com o trabalho realizado até aqui agora”, disse.

Bobeck também elogiou o trabalho que vem sendo realizado no transporte público de Ponta Grossa. “Posso dizer que foi o melhor trabalho feito por todos os governos que eu passei, desde 1988, quando acompanho esse processo. Esses assuntos são debatidos permanentemente dentro do Conselho, então a gente reconhece tudo isso e tem dito isso nos diversos debates. Hoje eu posso dizer, pelo o que a gente visitou, país afora, que temos um dos melhores sistemas de transporte”. (Fonte: PMPG)

Confira outros Posts